As configurações de cookies neste site são definidas para que possamos dar-lhe a melhor experiência enquanto estiver aqui. Se desejar, você pode alterar as configurações de cookies a qualquer momento em seu navegador. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.
Rejeitar
Aceitar
-
+
De onde surge a vocação?
A palavra vocação vem do latim vocare e significa chamado. É um chamado especial que vem de dentro de nós, fazendo arder o nosso coração por uma resposta.

Esse sentimento é provocado pelo plano de Deus para a nossa vida, que está para além da nossa compreensão. No processo de discernimento vocacional, parar e pensar sobre a vida e os projetos, no aqui e agora, nos ajuda a buscar e encontrar a nossa vocação, nossa felicidade!
Encontrando o propósito de vida
Ao abraçar a sua vocação, você abraça o projeto de Deus para a sua vida, e passa a somar no mundo com o seu propósito!

Às vezes, é até fácil discernir o chamado de Deus, pois Ele envia muitos sinais durante a nossa vida, por outro lado, é difícil compreendê-lo e aceitá-lo. Para discernir a sua vocação, é preciso sentir, pensar, questionar e provocar. Essa inquietação levará você a encontrar o seu propósito.

As respostas chegam quando insistimos. Não desista dos seus sonhos! Vá em busca do seu lugar no mundo e tenha uma vida de realizações.

A vocação alimenta a nossa alma. Permita-se viver a experiência Marista!

Quero ser um

Irmão Marista!

Conheça a Província
Marista Brasil Centro-Norte
Do sonho de São Marcelino Champagnat, há 200 anos, surgiu a missão Marista junto às crianças, adolescentes e jovens.

Referência da Educação Infantil ao Ensino Médio, fazemos parte de uma rede internacional de colégios, presente em 82 países. No Brasil, estamos presentes nas cinco regiões do país.

Somos uma província composta por Irmãos Maristas e profissionais de diferentes especialidades, que, diariamente, promovem a vida nas áreas da educação, saúde e social.
Quero ser um

Irmão Marista!

Vocação Marista
Como Irmãos Maristas, partimos do pressuposto de que todas as vocações são importantes para a construção do Reino de Deus

Despertar, discernir, cultivar e acompanhar os jovens que estão na fase de descoberta de sua vocação: essa é a missão da nossa Animação Vocacional.

Vivemos a vida consagrada em comunhão como Irmãos, mantendo viva a missão que nos foi concedida.
O que é viver a vida de vocação?
Somos convidados a cuidar e cultivar a vida diariamente, a fim de descobrirmos qual é nossa missão no mundo.

O que confirma a autenticidade da missão não é um simples passo dado, mas um testemunho vivo na comunidade sustentado pela confiança em Deus.

Seguimos juntos, firmes na caminhada, confiantes e cheios de esperança!
Etapas do processo vocacional
  • Etapa 1

    Acolhimento Vocacional

    Conhecido como o primeiro passo que o vocacionado dá no seu caminho vocacional, a etapa do acolhimento, que chamamos de Animação Vocacional, acontece quando o jovem aceita o chamado de Deus para seguir o seu propósito de vida. Por meio de diálogos com os animadores vocacionais, o jovem acolhe a vocação e é acolhido pelos Irmãos e pela comunidade Marista, que o auxiliam a cuidar, discernir e acompanhar todo esse caminhar.
  • Etapa 2

    Pré-Postulado

    Etapa inicial do processo formativo, é um tempo de transição do processo vocacional para a formação, propriamente dita. Nesta fase, que dura no mínimo um ano (podem ser dois anos, por exemplo), o jovem começa a compreender que um dos objetivos da missão marista é que o Irmão possa estar presente onde mais se necessita dele e de suas obras. Ou seja, o verdadeiro sentido da missão é que ele possa servir nos locais onde mais necessitam da nossa presença!.

    A formação do Pré-Postulado é pautada pelos elementos característicos da Vida Religiosa Consagrada: fraternidade, espiritualidade e missão. É um tempo oportuno para conhecer a história institucional!

  • Etapa 3

    Postulado

    A etapa do Postulado Marista é mais um tempo especial na vida do jovem! O objetivo principal, desta fase, é o autoconhecimento, baseado em quatro verbos, que norteiam a formação: conhecer-se, aceitar-se, superar-se e converter-se ao Evangelho, discernindo o possível chamado de seguir Jesus Cristo na vida marista. Estes elementos são, profundamente, vivenciados na vida fraterna, na missão e na espiritualidade.

    Durante esta fase, seguimos nos estudos da biografia do fundador, São Marcelino Champagnat, e dos primeiros Irmãos, além do estudo da Língua Espanhola, em vista da próxima etapa, que será realizada fora do Brasil. O Postulado, que tem duração, aproximada, de um ano - podendo se estender, é, então, um tempo de preparação para a nova fase, o Noviciado, que, em conjunto com outras províncias maristas, acontece na Bolívia.
  • Etapa 4

    Noviciado

    O Noviciado, como um todo, tem por objetivo formar o coração consagrado marista! É um tempo de iniciação nas exigências da Vida Religiosa Marista, e, nesta fase, o jovem já é considerado Irmão. Nesta etapa, o noviço, auxiliado pelo mestre dos noviços, e a comunidade formadora, discerne o que Deus quer dele e examina as suas motivações e aptidões. São dois anos de formação, em Cochabamba, na Bolívia, divididos em duas fases: 1º ano canônico e 2º ano apostólico.

    Durante o tempo canônico, o Irmão noviço é convidado a aprofundar os elementos fundamentais da consagração, com ênfase no cultivo da espiritualidade, das relações interpessoais e comunitárias. Ainda neste primeiro ano, o noviço estuda as Constituições e Regra de Vida do Instituto Marista. Já no segundo ano, que chamamos de apostólico, o noviço vive um período de estágio em alguma comunidade, experimentando a rotina de vida de um Irmão Marista. Em seguida, passa a se preparar para a profissão dos primeiros votos, que ocorre no final do segundo ano, no qual o jovem Irmão se consagra a Jesus Cristo, com a profissão dos votos de castidade, obediência e pobreza.
  • Etapa 5

    Juniorato

    Chegamos na última etapa de formação do processo vocacional! O Juniorato é o período que se inicia após a profissão religiosa dos primeiros votos, e se estende até a emissão dos votos perpétuos. Esta etapa se caracteriza pela busca do equilíbrio entre a formação religiosa e acadêmica, no serviço apostólico, e na identificação do seu carisma pessoal, com o carisma do Instituto Marista. O objetivo principal é a formação do Apóstolo Marista! O Juniorato, também, se divide em dois momentos.

    O primeiro acontece em Belo Horizonte (MG), em um período de três anos, onde o jovem Irmão realiza o curso de Teologia. Após este prazo, o Irmão segue para um segundo momento, que já é vivido em uma comunidade apostólica, na qual ele desenvolverá uma missão mais específica, em alguma das unidades socioeducativas, podendo, também, fazer algum outro curso que o auxilie nesta missão.

    Neste período, segue renovando os votos, anualmente, sob aprovação do Conselho Provincial. E, nesta jornada, ele vai se preparando para a realização dos votos perpétuos. Como diz o poeta, é caminhando que se faz o caminho! Venha fazer este bonito caminho pela educação, solidariedade e evangelização conosco!
Quero ser um

Irmão Marista!

Quem inspira o

Carisma Marista?

Maria,
a Boa Mãe
Champagnat dizia que Maria, além de Boa Mãe, é o recurso habitual e a primeira Superiora do Instituto Marista!

Nosso carisma e fundamentos são moldados pela centralidade em Nossa Senhora, tornando os Irmãos Maristas cada vez mais como a Boa Mãe.

A experiência com Deus e com Maria perpassa o que está em nós. Inspirados por essa devoção, queremos viver o que o Senhor tem para nós, entendendo que ser Marista é somar no mundo!
São Marcelino
Champagnat
Inquieto com a sociedade em que vivia, São Marcelino Champagnat sabia que podia somar no mundo. Ele sentia o desejo de ter outra sociedade, um outro tempo, que olhasse para os empobrecidos e necessitados com amor e carinho. Queria ser mais para os mais pobres!

Fundador do Instituto Marista, ele tinha como missão a educação e a evangelização das crianças. Nós, Irmãos Maristas, somos reflexos da soma e transformação que Marcelino tanto queria no mundo. Seguindo em sintonia com seu legado, damos continuidade na missão por meio da centralidadeem Maria e Jesus Cristo.
No Brasil, estamos presentes em:
21
Colégios
9
Escolas sociais
+de30mil
Estudantes
+de5mil
Colaboradores
Nascidos para somar:

testemunhos de Irmãos Maristas

  • Ir. Fabrício Barbosa
    Ir. Fabrício Barbosa
    Hoje, como Irmão Marista, eu me sinto feliz por fazer parte de uma família que cuida de outras famílias.

    Eu me sinto realizado quando estou no meio das crianças e dos jovens, ajudando-os, de alguma forma, a encontrarem e/ou a darem um novo sentido para suas vidas. Gosto de ver no sorriso das crianças e dos jovens a presença amorosa de Deus e a presença acolhedora de Maria. Obrigado, Senhor, pelas graças que tem me dado, sobretudo, por me fazer conseguir chegar aonde cheguei!

    À Boa Mãe, Maria, peço que sempre esteja em meus caminhos, ajudando e intercedendo junto a Deus pela minha vida e pela minha vocação. A Champagnat, nosso fundador, a minha eterna gratidão por ter colocado em minha vida os Irmãos Maristas, que tanto me ajudam em tantas coisas, de tantas formas.

    Se você quer saber se sou feliz na escolha que fiz, digo que sim, e muito! Como não seria se, como Irmão, posso contribuir com a obra Marista, fazendo de seu carisma meu projeto de vida?! Fazer Jesus Cristo conhecido e amado entre crianças, jovens e adultos, eis o que alegra meu coração e me realiza como homem consagrado a Deus!
  • Ir. Antonio Ramalho
    Ir. Antonio Ramalho
    Deus entrou muito cedo em minha vida: desde minha infância em família e frequentando minha paróquia, a catedral de Maceió (AL). Uma inquietação vocacional foi surgindo e ganhou contornos mais definidos depois que entrei no Colégio Marista. O testemunho de vida fraterna dos Irmãos, marcado pela alegria do serviço, me cativou.

    Ao celebrar 60 anos de vida religiosa marista, posso afirmar que, apesar de minhas fraquezas e limitações, Deus fez e faz maravilhas em minha vida e através de mim. Como fez em Maria, continua a realizar nos seus Irmãozinhos. É muito bom se sentir parte de uma grande família, de uma rede de fraternidade, sendo alimentado cada dia na mística e na profecia, que nos ajudam a reconhecer a presença de Deus no meio de nós e sobretudo nas pessoas mais vulneráveis.

    Meu sentimento interior é de profunda gratidão e renovado compromisso. Deixe-se também interpelar e venha fazer a sua experiência!
 
X
Você será atendido por um especialista.

Para agilizar o andamento, preencha os seus dados abaixo.